Assista a todos os vídeos do iPED, em um único lugar!

Curso de Economia Colaborativa



Acesso ilimitado a esse curso + todos os cursos da sua área por um ano inteiro.

Apenas 12x de R$ 29,90

Comece agora o seu plano ilimitado

Capítulo 1

Aula 1: Economia e seus princípios
Aula 2: Como a economia surgiu?
Aula 3: Qual a função da economia?
Aula 4: Indivíduos que fazem parte da economia
Aula 5: Decisões
Aula 6: Custo
Aula 7: Razão
Aula 8: Incentivos
Aula 9: Benefício da troca
Aula 10: Quais são os princípios básicos da economia?

Capítulo 2

Aula 11: Livre mercado
Aula 12: Agente econômico
Aula 13: Sistema econômico do país
Aula 14: Livre concorrência
Aula 15: Oferta e demanda de trabalho
Aula 16: Como atrair clientes?
Aula 17: Concorrentes
Aula 18: Cliente com diversas opções
Aula 19: Receita da economia colaborativa

Capítulo 3

Aula 20: Conceito homem econômico
Aula 21: Racional, informado e individualista
Aula 22: Obtenção de bens
Aula 23: Evita trabalho desnecessário
Aula 24: Capacidade de decidir
Aula 25: Decisão para atingir objetivos
Aula 26: Maximizar necessidades e lucros

Capítulo 4

Aula 27: Escassez e abundância
Aula 28: Alocação de recursos
Aula 29: Paradigma da abundância
Aula 30: Gerenciamento da escassez
Aula 31: Quais são os outros aspectos importantes na economia e para os indivíduos?

Capítulo 5

Aula 32: Desenvolvimento sustentável
Aula 33: Problemas e danos ambientais
Aula 34: Impacto na forma de viver
Aula 35: Capacidade de transformação
Aula 36: Importância do ciclo

Capítulo 6

Aula 37: Motivação
Aula 38: O que a motivação faz?
Aula 39: Motivação intrínseca
Aula 40: Motivação extrínseca
Aula 41: Causas sociais, ambientais e saúde pública
Aula 42: Internet e a economia colaborativa

Capítulo 7

Aula 43: Pilares da economia colaborativa
Aula 44: Dividir o uso ou compra de serviços
Aula 45: Solução de problemas
Aula 46: Consumo crescente
Aula 47: Os 3 Cs
Aula 48: Quais são os pilares da economia colaborativa

Capítulo 8

Aula 49: Os 3 Cs
Aula 50: Cooperação
Aula 51: Colaboração
Aula 52: Compartilhamento
Aula 53: Troca de conhecimento

Capítulo 9

Aula 54: Economia colaborativa: Definição
Aula 55: Consumo colaborativo, economia, economia compartilhada
Aula 56: Ecossistema socioeconômico
Aula 57: Compartilhamento de recursos humanos, físicos e intelectuais
Aula 58: Trabalho para o propósito comum

Capítulo 10

Aula 59: Quando surgiu?
Aula 60: Papel da internet
Aula 61: População mundial
Aula 62: Poder social
Aula 63: Possibilidades de atuação
Aula 64: Colaboração
Aula 65: Como surgiu no Brasil?
Aula 66: Aceitação
Aula 67: Reconhecimento
Aula 68: Tecnologia
Aula 69: Crise econômica
Aula 70: Netflix

Capítulo 11

Aula 71: Quem a criou?
Aula 72: Rede de compartilhamento
Aula 73: Quando a economia colaborativa se iniciou?
Aula 74: Índios
Aula 75: Primavera árabe

Capítulo 12

Aula 76: Quem a utiliza?
Aula 77: Mulheres e homens racionais
Aula 78: Crianças
Aula 79: Empresas
Aula 80: ONGs
Aula 81: Governo
Aula 82: Caridade é uma forma de economia colaborativa?

Capítulo 13

Aula 83: Tipos de investimentos
Aula 84: Qualquer indivíduo pode ser investidor
Aula 85: Capital e dinheiro
Aula 86: Compra de ações
Aula 87: Waze

Capítulo 14

Aula 88: Ativos da economia colaborativa
Aula 89: Indivíduos são ativos
Aula 90: Empresas são ativos
Aula 91: Tudo o que se troca são ativos
Aula 92: Categorias de bens
Aula 93: Bens tangíveis
Aula 94: Bens intangíveis
Aula 95: Exemplos de ativos da economia colaborativa

Capítulo 15

Aula 96: Colaboração, a chave para o sucesso
Aula 97: Ânsia por consumo
Aula 98: Aprender a abrir mão
Aula 99: Quatro pontos fundamentais da economia colaborativa
Aula 100: Social
Aula 101: Sustentabilidade
Aula 102: Econômico
Aula 103: Tecnológico
Aula 104: Máquinas também são ativos da economia colaborativa?

Capítulo 16

Aula 105: Cadeia de valor tradicional
Aula 106: Cadeia produtiva
Aula 107: Cadeia de valor
Aula 108: Insumos e produto final
Aula 109: Imagem ilustrativa da cadeira de economia tradicional
Aula 110: O que é cadeia de valor?
Aula 111: Airnb

Capítulo 17

Aula 112: Cadeia de valor colaborativa
Aula 113: Produção
Aula 114: Consumidores como agente principal
Aula 115: Empresas prestadoras de serviços
Aula 116: Fomentadoras de mercado
Aula 117: Provedoras de plataformas
Aula 118: Imagem ilustrativa da cadeia de valor colaborativa

Capítulo 18

Aula 119: Processos e coordenação
Aula 120: Etapas e produto final
Aula 121: Importância da coordenação
Aula 122: Filosofia colaborativa
Aula 123: Princípios
Aula 124: Coordenação
Aula 125: Responsabilidade e consciência
Aula 126: O que não é levado em consideração na cadeia colaborativa?

Capítulo 19

Aula 127: Economia tradicional
Aula 128: Oferta e demanda
Aula 129: Acúmulo de bens
Aula 130: Importância da publicidade
Aula 131: Obsolescência programada
Aula 132: Ciclo do lucro
Aula 133: Satisfação pessoal
Aula 134: Padronizadas, impessoais e profissionais
Aula 135: Moeda corrente
Aula 136: Ganho e perda
Aula 137: Compartilhamento de bens
Aula 138: Controle, competitividade e individualismo

Capítulo 20

Aula 139: Economia colaborativa
Aula 140: Reputação
Aula 141: Compartilhamento e parcerias
Aula 142: Experiências
Aula 143: Empréstimos
Aula 144: Customizadas e pessoalizadas
Aula 145: Bens no lugar em que são necessários
Aula 146: Redes de pessoas
Aula 147: Independência de grandes instituições
Aula 148: Inexistência de moedas
Aula 149: Cooperação
Aula 150: Geração de valor de cidadania e preços menores

Capítulo 21

Aula 151: Agregando valores
Aula 152: Variações de compartilhamento
Aula 153: Retorno
Aula 154: Algumas empresas que adotam estratégias baseadas no compartilhamento
Aula 155: Toyota
Aula 156: Citibank
Aula 157: Se tenho uma peça de roupa que não uso mais, posso desenvolver uma economia colaborativa com ela?

Capítulo 22

Aula 158: Reconhecendo-as
Aula 159: Reeducação do estilo de vida
Aula 160: Individualismo reduzido
Aula 161: Equilíbrio socioafetivo
Aula 162: Resultado financeiro
Aula 163: Se uma empresa se preocupa com o meio ambiente ela é colaborativa?

Capítulo 23

Aula 164: Negociando com elas
Aula 165: Consumidor X prestador de serviços
Aula 166: Preços
Aula 167: Excesso de oferta
Aula 168: Liberdade
Aula 169: Ausência de hierarquia
Aula 170: Compartilhamento com vizinhos

Capítulo 24

Aula 171: Trabalhando em uma
Aula 172: Trabalho em grupo
Aula 173: Altruísmo
Aula 174: Sustentável
Aula 175: Dividir
Aula 176: Necessidades
Aula 177: Propósitos
Aula 178: Aprendizado
Aula 179: Inovação

Capítulo 25

Aula 180: Mercados de redistribuição
Aula 181: Item/produto reaproveitado
Aula 182: Conceito da frase ”Reduza, reuse, repare e redistribua”
Aula 183: O que uma costureira faz é um mercado de distribuição?

Capítulo 26

Aula 184: Lifestyles colaborativos
Aula 185: Dinheiro
Aula 186: Habilidades
Aula 187: Tempo
Aula 188: Troca cultural

Capítulo 27

Aula 189: Sistemas de produtos e serviços
Aula 190: Consumidor paga pelo benefício e não pelo produto em si
Aula 191: Sistema aplicável para qualquer bem
Aula 192: Exemplos de produtos que pagamos pelo benefícios

Capítulo 28

Aula 193: Uber e Waze
Aula 194: Como o Uber é visto?
Aula 195: Aplicativo mundial
Aula 196: Carona remunerada
Aula 197: Compartilhamento de carona
Aula 198: Baixo preço e disponibilidade
Aula 199: Waze
Aula 200: Mapeamento de trânsito e informações de radares
Aula 201: Postos e demais serviços
Aula 202: Usuário ativo
Aula 203: Troca de brinquedos

Capítulo 29

Aula 204: Airbnb
Aula 205: Serviços de hospedagem e o Airbnb
Aula 206: Troca cultural
Aula 207: Morador decide o preço a ser cobrado
Aula 208: Wikipedia
Aula 209: Como funciona o site?
Aula 210: Troca de conhecimento
Aula 211: O que preciso para criar uma plataforma de economia colaborativa?

Capítulo 30

Aula 212: Espaços colaborativos
Aula 213: Baixo preço
Aula 214: Colaborativo e coletivo
Aula 215: Sustentável
Aula 216: Funcional

Capítulo 31

Aula 217: Propósitos
Aula 218: Criar um propósito em comum
Aula 219: ”O que é meu é seu”
Aula 220: Compartilhar e não possuir
Aula 221: Colaboração é incentivada e recompensada
Aula 222: Intercâmbio de bens
Aula 223: Redução de desperdícios
Aula 224: Eficiência de recursos
Aula 225: Inovação
Aula 226: Economia colaborativa no Brasil

Capítulo 32

Aula 227: Mercado
Aula 228: Conhecer as necessidades
Aula 229: Conhecer os consumidores
Aula 230: Identificar o que está em falta e o que se tem em excesso
Aula 231: Existe algo com o preço muito elevado?
Aula 232: Existe a possibilidade de compartilhamento?
Aula 233: Relacionamento de longo prazo com clientes
Aula 234: Preciso de um CNPJ para abrir uma empresa colaborativa?

Capítulo 33

Aula 235: Investidores
Aula 236: Como é a relação do investidor?
Aula 237: Relação de longo prazo com parceiros
Aula 238: Empréstimos

Capítulo 34

Aula 239: Crowdfunding: O que é
Aula 240: Viabilização de projetos
Aula 241: Financiamento coletivo
Aula 242: Objetivo
Aula 243: Premissa da economia colaborativa

Capítulo 35

Aula 244: Estratégia de crowdfunding
Aula 245: Montantes baixos
Aula 246: Participação coletiva
Aula 247: Agilidade na arrecadação
Aula 248: Sem burocracia
Aula 249: Uma pessoa física pode fazer um crowdfunding?

Capítulo 36

Aula 250: Importância do crowdfunding
Aula 251: Oportunidade para que todos participem
Aula 252: Agilidade em uma causa ou projeto
Aula 253: Lucratividade
Aula 254: Gerando oportunidades e possibilidades

Capítulo 37

Aula 255: Tipos de consumo
Aula 256: Características do consumo tradicional
Aula 257: Características do consumo colaborativo
Aula 258: Quer dizer que se der lucro não é mais consumo coletivo?

Capítulo 38

Aula 259: Produtos de consumo colaborativo
Aula 260: Livros
Aula 261: Carros
Aula 262: Bicicletas
Aula 263: Brinquedos
Aula 264: Imóveis
Aula 265: Barcos
Aula 266: Ferramentas e utensílios
Aula 267: Espaços
Aula 268: Serviços
Aula 269: Vestuário e calçados
Aula 270: Troca de livros

Capítulo 39

Aula 271: Tendências do consumo colaborativo
Aula 272: Desafio
Aula 273: Faturamento
Aula 274: Brasil como líder

Sobre o curso

Com este Curso de Economia Colaborativa, na área de Finanças, você compreenderá os conceitos de economia colaborativa, a diferença da economia tradicional, as modalidades, o consumo colaborativo e muito mais. Quem viu esse curso também gostou do Curso de Como fazer investimentos, Matemática Financeira com HP 12C na Prática e Prevenção a Fraudes.


Sobre o certificado

No iped.tv você pode solicitar esse lindo certificado e receber na sua casa. No verso consta o cronograma, carimbo do CNPJ e a assinatura do responsável, características obrigatórias para validade do certificado.


Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta

No iped.tv sua satisfação é garantida ou devolvemos todo o seu dinheiro. Você pode fazer o curso por 7 dias e chegar até 50% e se não gostar do curso, nós devolvemos o seu dinheiro sem dificuldade e sem ressentimento. Nós temos tanta certeza do nosso custo x benefício que garantimos 100% do seu dinheiro de volta.

Quem optar pelo plano Plus ou Premium, pode, ao término do curso e caso seja aprovado, emitir gratuitamente o nosso certificado ou solicitar o certificado especial que enviamos onde você estiver sem nenhum custo. Nosso certificado especial possui selo e tarja de segurança anti-falsificação, além de um número instransferí­vel que pode ser consultado online. No verso do certificado consta o cronograma, carimbo do CNPJ e a assinatura do responsável.

Ao término deste curso você será submetido ao Teste de Avaliação Final, se aprovado haverá a emissão do certificado de conclusão deste treinamento, caso contrário será direcionado a uma aula de reforço e reavaliado após esta aula.


Depoimentos dos nossos alunos


Mais cursos, também inclusos, por apenas 12x R$ 29,90

Comece hoje mesmo!

É muito fácil e rápido assinar o iped.tv e o melhor, assinando agora você vai pagar apenas R$ 29,90/mês.

Comece agora seu plano ilimitado